Nossa equipe realiza os Serviços de Apoio e Gestão a Saúde – Ocupacional

A medicina do trabalho ou medicina ocupacional é uma especialidade médica que se ocupa da promoção e preservação da saúde do trabalhador. Por isso, possuímos um grande número de profissionais prestadores de serviços convidados e cadastrados junto a nossa empresa.

Todos os empregadores e instituições que admitam trabalhadores como empregados estão obrigados a elaborar e implementar o PCMSO, com o objetivo de promoção e preservação da saúde do conjunto dos seus trabalhadores. Na execução do mencionado programa deverão ser observados parâmetros mínimos e diretrizes gerais estabelecidos pela NR 7, objeto deste texto, podendo os mesmos ser ampliados mediante negociação coletiva de trabalho.

Nota: O Ministério do Trabalho e Emprego (MTE), por meio de Nota Técnica, esclarece que: “Todos os trabalhadores devem ter o controle de sua saúde de acordo com os riscos a que estão expostos. Além de ser uma exigência legal prevista no art. 168 da CLT, está respaldada na Convenção nº 161 da Organização Internacional do Trabalho – OIT, respeitando princípios éticos, morais e técnicos. ”.

A emissão do Atestado de Saúde Ocupacional – ASO é imediata (desde que não haja exames complementares): documento que o funcionário recebe com o resultado do exame admissional, as opções são: Apto para a função, apto para a função com restrições, inapto temporariamente ou inapto para a função, consta de um exame clínico e eventualmente de outros complementares, realizado pelo médico coordenador do PCMSO ou outro médico examinador por ele delegado.

imagem 01
orçamento

ENTRE EM CONTATO CONOSCO

PCMSO – Programa de Controle Médico de Saúde Ocupacional

O médico do trabalho é o responsável técnico pelo PCMSO – Programa de Controle Médico de Saúde Ocupacional, o qual avalia a capacidade do candidato a determinado trabalho e realiza reavaliações periódicas de sua saúde, dando ênfase aos riscos ocupacionais aos quais este colaborador está exposto.

Observação importante sobre o PCMSO

Os empregadores e instituições que admitam trabalhadores como empregados estão obrigados a elaborar e implementar o PCMSO, com o objetivo de promoção e preservação da saúde do conjunto dos seus trabalhadores. Na execução do mencionado programa deverão ser observados parâmetros mínimos e diretrizes gerais estabelecidos pela NR 7, objeto deste texto, podendo os mesmos ser ampliados mediante negociação coletiva de trabalho.

imagem 02

Todos os empregadores e instituições que admitam trabalhadores como empregados estão obrigados a elaborar e implementar o PCMSO, com o objetivo de promoção e preservação da saúde do conjunto dos seus trabalhadores. Na execução do mencionado programa deverão ser observados parâmetros mínimos e diretrizes gerais estabelecidos pela NR 7, objeto deste texto, podendo os mesmos ser ampliados mediante negociação coletiva de trabalho.

Nota: O Ministério do Trabalho e Emprego (MTE), por meio de Nota Técnica, esclarece que: “Todos os trabalhadores devem ter o controle de sua saúde de acordo com os riscos a que estão expostos. Além de ser uma exigência legal prevista no art. 168 da CLT, está respaldada na Convenção nº 161 da Organização Internacional do Trabalho – OIT, respeitando princípios éticos, morais e técnicos. ”.

A emissão do Atestado de Saúde Ocupacional – ASO é imediata (desde que não haja exames complementares): documento que o funcionário recebe com o resultado do exame admissional, as opções são: Apto para a função, apto para a função com restrições, inapto temporariamente ou inapto para a função, consta de um exame clínico e eventualmente de outros complementares, realizado pelo médico coordenador do PCMSO ou outro médico examinador por ele delegado.

Todos os empregadores e instituições que admitam trabalhadores como empregados estão obrigados a elaborar e implementar o PCMSO, com o objetivo de promoção e preservação da saúde do conjunto dos seus trabalhadores. Na execução do mencionado programa deverão ser observados parâmetros mínimos e diretrizes gerais estabelecidos pela NR 7, objeto deste texto, podendo os mesmos ser ampliados mediante negociação coletiva de trabalho.

Nota: O Ministério do Trabalho e Emprego (MTE), por meio de Nota Técnica, esclarece que: “Todos os trabalhadores devem ter o controle de sua saúde de acordo com os riscos a que estão expostos. Além de ser uma exigência legal prevista no art. 168 da CLT, está respaldada na Convenção nº 161 da Organização Internacional do Trabalho – OIT, respeitando princípios éticos, morais e técnicos. ”.

A emissão do Atestado de Saúde Ocupacional – ASO é imediata (desde que não haja exames complementares): documento que o funcionário recebe com o resultado do exame admissional, as opções são: Apto para a função, apto para a função com restrições, inapto temporariamente ou inapto para a função, consta de um exame clínico e eventualmente de outros complementares, realizado pelo médico coordenador do PCMSO ou outro médico examinador por ele delegado.

imagem 03

Estamos preparados com uma ampla rede de credenciados em todo o Brasil, especialmente atuando com medicina do trabalho em Curitiba, região metropolitana, litoral e todo o estado no Paraná com diversos exames, tais como:

  • Audiometria
  • Eletrocardiograma
  • Eletroencefalograma
  • Espirometria
  • Exames Laboratoriais
  • Exames Médicos Especializados
  • Exames Psicológicos
  • RX – Radiografias

COMECE A DIGITAR E PRESSIONE ENTER PARA PESQUISA